Primeiras Impressões #1

 

 

 

ULVER - Flowers of Evil (2020)

 

B. Junior: Um trabalho complexo   que quebra os paradigmas, Melancólico, abstrato, com temas sombrios. (9.5)

+

D. Aghehost: Se você gosta de Duran Duran, Depeche Mode, vai se deliciar com esse álbum. Se você prefere a fase antiga da banda, esqueça isso aqui. Destaque para as faixas "One Last Dance", "Machine Guns and Peacock Feathers" e "Apocalipse 1993", que transportarão o ouvinte diretamente para os anos 80. (7.9)

+

Occes:  Para um apreciador de sinth pop, está correto. Temas obscuros na medida. Para quem busca um ULVER dos primórdios, ouça com moderação. (7.5)

+

Veredito Final: 8.5 / 10

 

 

ISENGARD - Vårjevndøgn (2020)

 

B. Junior: Um trabalho desnecessário podia ter feito algo mais após tantos anos. (6.0)

+

D. Aghehost: Vårjevndøgn parece mais um lado Z da fase Metal Punk da Darkthrone do que um material que fez parte daquela fase áurea da banda. Pode agradar de início, mas, com certeza, logo será esquecido por outros bons lançamentos que estão por vir. (6.5)

+

Occes:  Infelizmente desnecessário. Poderia ficar escondido lá no fundo da gaveta de onde foi resgatado. Fenriz poderia ter pensado melhor antes de soltar esta obra. (5.5)

+

Veredito Final: 6.0 / 10

 

 

LALSSU - The Elements (2020)

 

B. Junior: Uma viagem introspectiva e pessoal para a nossa alma. (9.8)

+

D. Aghehost: Um disco que sintetiza muito bem a evolução de seu criador, Fernando Iser, como músico e como pessoa. Muito mais elaborado e complexo que seu antecessor, "The Death of a Star", "The Elements" é uma aula de bom gosto e requinte. Todas as faixas são grandiosas, mas "The Betrayer from the Ocean" figura facilmente como uma das melhores composições desta one-man-band (9.7)

+

Occes:  Extremamente necessário, uma obra fundamentada no introspectivo. Altamente técnico, bases cirúrgicas. (9.7)

+

Veredito Final: 9.7 / 10

 

 

CREPTUM - Vama (2020)

 

B. Junior: VAMA ou Vãmamãrga não é apenas um disco gravado, é uma força ancestral. É o caminho à esquerda, é filosofia, arte e renascimento. (9.8)

+

D. Aghehost: "Vama" elevou o patamar do Black Metal nacional. Infinitamente superior ao antecessor, este disco é forte candidato a um dos melhores lançamentos do ano. Destaque para as faixas "Vama", "156" e "On My Skin". (9.9)

+

Occes:  "Vama" é um álbum acima da média. Conceitual, conseguiram com este disco atingir um nível técnico pouco visto e explorado no Black Metal nacional. (9.9)

+

Veredito Final: 9.9 / 10

 

 

KATAVASIA- Magnus Venator (2020)

 

B. Junior: Uma obra do Metal Negro grego que te hipnotiza e te leva para as profundezas invernais (9.9)

+

D. Aghehost: "Magnus Venator" é um disco que vai crescendo a cada nova audição. Composto por músicas que estão acima da média do que temos ouvido recentemente, esta não é uma obra que decepcionará. O trabalho instrumental é fabuloso, criando a atmosfera perfeita para que os vocais sejam ferozes e cativantes. É perceptível também o entusiasmo que contagiou a banda nas gravações (méritos aqui para a cristalina produção realizada por Achilleas - que soube extrair o melhor de cada um). Apesar de ser difícil apontar destaques em um disco tão soberbo, "The Tyrant", "Hordes of Oblivion" e "Babylon (Sammu-Rawat)" já nasceram clássicas. (9.9)

+

Occes:  Estamos diante de um álbum que beira a obra-prima. Seguramente um dos dez melhores lançamentos do ano de 2020. HAIL METAL GREGO (9.9)

+

Veredito Final: 9.9 / 10