Quarta-feira, 20 de abril de 2016 às 10:32 em Resenhas
RESENHA: OLD PAGAN - Ogdrun Jarhar

Old Pagan - Ogdrun Jarhar

 

Lembra daquela época onde os lançamentos eram compostos de muita agressividade, clima gélido e puro ódio?

Pois é exatamente isso que encontramos em "Ogdrun Jarhar", quarto Full-Lenght da alemã OLD PAGAN.

Esqueça o Black Metal que muitas bandas fazem atualmente. Esqueça as capas muito bem trabalhados e os sons captados em estúdios de última geração. Tudo que ouvirás aqui remete ao clima que o Black Metal possuiu no início dos anos 90.

"Ogdrun Jarhar" abre o disco de forma perfeita. São mais de 6 minutos de puro caos e destruição onde os vocais de S. Vollmer transparecem exatamente o que ouviremos durante todo o play. Faixa dedicada a todo amante do verdadeiro Black Metal.

Antes que consiga se recompor do arregaço anterior, "Amon Ramah" explode nos falantes. Há tempos não ouço um disco que resgatasse os tempos áureos como este. Antes do término desta faixa, os que estão nessa por diversão terão desligado o aparelho de som. Sorte dos iniciados, que serão brindados com "Dark Chaos". Verdadeira sinfonia em homenagem ao culto da guerra!

Completa a formação da OLD PAGAN, Machosias (ex - Pagan Winter). Aqui responsável por todos os instrumentos. 

Merecem destaques também os hinos "Seven Gods of Chaos" (melhor momento do álbum) e o cover para "Leichengott", da SECRETS OF THE MOON. Grande homenagem!

Este disco não é indicado para quem não está acostumado com as bandas dos primórdios do Metal Negro.

Se não é o seu caso, aproveite esta viagem ao caos.

 

(Por: Daniel Aghehost)

 

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!