Estou na cena desde quando nasci, meu pai era baterista da banda (A Cor do Som) então o rock'n'roll é de familia. Sou baterista e vocalista do Earthquake (death metal, onde estamos no cenario extremo há 10 anos fora mais uns 2 anos de heavy e thrash.
Curto som progressivo na linha de Yes, Rush, Uriah Heep, Ufo e por ai vai. Um heavy sem firulas não sou muito fã de thrash Metal mas tenho minhas bandas de cabeceira. Sou um bom apreciador de Death Grind Splater e Black Metal, sempre que posso escutar estou ouvindo. Nasci em sampa moro em sampa.
Apoio 100% o metal e o underground nacional pois não devemos nada para os gringos.